Project Description

Salada de aveia em grão e legumes assados

Ingredientes:

  • 200g de aveia em grão
  • 360g de abóbora manteiga ou Hokkaido
  • 200g de beterraba | 2 beterrabas

  • 175g de cebola roxa | 1 cebola roxa

  • 375g de curgete |1 curgete

A receita rende cerca de 6 doses

  • 130g de funcho |1 bolbo de funcho
  • 4 ovos cozidos

  • 50g de rúcula

  • 10g de sal marinho

  • 10g de azeite

Tabela Nutricional

Ingredientes:

Passo a passo, saiba como preparar:

Esta salada também pode ser feita com outros cereais, como quinoa, millet, arroz integral, espelta em grão e trigo sarraceno.

Dê preferência aos cereais integrais.

1 – Demolhar a aveia num recipiente, com o dobro da água à temperatura ambiente durante 6 a 8 horas ou durante a noite. Passado esse tempo descartar toda a água e lavar novamente.

2 – Deixar ferver a água (o triplo da quantidade de aveia) com um pouco de sal marinho (5g). Quando a água estiver a ferver juntar aveia, reduzir o lume, tapar o tacho e deixar cozer durante 30-40 minutos. Quando já estiver cozido desligar o fogão e deixar repousar por 5 a 10 minutos.

3 – Pré-aquecer o forno a 180ºC

4 – Cortar a abóbora, as beterrabas, a cebola, a curgete e o bolbo de funcho em cubos do mesmo tamanho. Colocar num tabuleiro de ir ao forno e temperar com sal marinho (5g) e azeite (10g). Levar ao forno durante 30 minutos ou até os legumes estarem cozinhados 

                                                                4 – Derreter o chocolate em banho maria.

5 – Numa taça à parte, bater os ovos. Envolver lentamente com a farinha, o cacau e a beterraba. Juntar o mel, o sumo de limão e o chocolate derretido. Envolver.

6 – Por último, acrescentar o fermento e o bicarbonato de sódio. Envolver na mistura sem mexer demasiado.

Sugestão

Esta salada também pode ser feita com outros cereais, como quinoa, millet, arroz integral, espelta em grão e trigo sarraceno. Dê preferência aos cereais integrais.

Sabia que…

Os cereais integrais são ricos em hidratos de carbono, fibras, vitaminas e minerais. As diretrizes alimentares recomendam a ingestão de 4 a 11 porções de Cereais Derivados e Tubérculos por dia.

Os cereais integrais são constituídos por um elevado teor de fibra, especialmente fibra insolúvel, a qual apresenta várias funções importantes no organismo, particularmente a nível do trato gastrointestinal.

Para obter uma maior biodisponibilidade dos micronutrientes presentes nos cereais integrais, é muito importante que estes sejam demolhados.